Aposentadoria: Tem receita de bolo para se preparar?

Primeiro uma historinha interessante e verdadeira.

Imagine você que no século XVI era muito usada a palavra “apousentar”, no sentido de fazer alguém pousar e repousar. O hóspede podia pousar no “apousento” de uma casa amiga. No século XIX o “u” já tinha desaparecido (ou se aposentado?). E a aposentadoria tornava-se direito trabalhista.

Pedro I concedeu a aposentadoria aos professores públicos que completassem 30 anos de serviço. Era chamada de “jubilação”, (do latim jubilatìo,”gritos de alegria”).  Em espanhol aposentadoria é jubilation e em inglês retirement.

Resumo da ópera…. a ideia foi sempre transmitir a mensagem de que aposentar é motivo de alegria e sossego. Quem trabalhou por muitos anos tem direito a descansar, pousar um dia. Mas descansar com dignidade. Nada de pendurar as chuteiras e ficar num aposento, parado, paralisado.

Em tempos de longevidade comprovada (vamos viver mais de 100 anos, sabia?) surgem novos caminhos e direções. Pode apostar que há muito o que realizar.

Mas vamos à receita … tem sim receita para esse preparo importante, principalmente no mundo corporativo. Vamos lá:  A receita vem de Morris Litvak,  fundador e CEO da MaturiJobs e da MaturiServices (texto detalhado no link abaixo).

  • Pense em outras formas de trabalho– Entenda que a carreira dentro do mundo corporativo não dura para sempre e é bem possível que em algum momento você não queira mais esse modelo mas deseje continuar a trabalhar. Empreendedorismo, consultoria ou outro tipo de atividade autônoma e comece a explorar estas possibilidades de forma ativa, buscando boas ideias. (Você pode até iniciar enquanto ainda está no seu trabalho).
  • Esteja sempre atualizado, faça novos cursos, procure novidades.
  • Corpo e mente devem estar sempre em dia. Atividade física, alimentação balanceada são fundamentais junto com objetivos e projetos
  • Relacionamento (networking) deve estar sempre ativo. Compareça a eventos, encontros, seminários, congressos. Busque parceiros tanto nas redes sociais quanto pessoalmente.
  • Planejamento financeiro é obrigatório nessa fase ainda incerta. Você tinha um salário fixo e seus rendimentos podem ser reduzidos, o que pode sugerir mudança em seu padrão de vida.
  • Em geral – mas nem sempre – as empresas colaboram no planejamento dos seus funcionários mais longevos. Mas a obrigação é sua, trata-se da sua vida e do seu futuro.

Os ingredientes podem variar….mas sempre haverá um bolo quentinho na saída do forno. Força e coragem e o jubilo estará garantido!

Fontes

O ESTADO DE SP

https://economia.estadao.com.br/blogs/radar-do-emprego/como-se-preparar-para-a-aposentadoria-ou-para-alem-do-mundo-corporativo/?utm_source=estadao:whatsapp&utm_medium=link

ÉPOCA NEGÓCIOS

https://epocanegocios.globo.com/Carreira/noticia/2018/08/por-que-organizacoes-precisam-investir-na-contratacao-de-profissionais-idosos.html