CAETANO VELOSO 79+ E MARIA BETHÂNIA 75+ APLAUSOS DOBRADOS AOS TALENTOSOS IRMÃOS

CAETANO VELOSO 79+ E MARIA BETHÂNIA 75+ APLAUSOS DOBRADOS AOS TALENTOSOS IRMÃOS

Redação e edição
Analu Oliveira – 78+
www.longevidade.com.br

 

Caetano e Bethânia em permanente harmonia pessoal e musical

 

Caetano Veloso acaba de completar 79 anos dia 07 de agosto e recebeu parabéns de grandes amigos, artistas e familiares, entre eles Gilberto Gil que postou um lindo vídeo com ambos na interpretação de “Andar com Fé”.

Confira: https://twitter.com/i/status/1423969788209074176

 

Bethânia confessa que sofreu muito longe dos palcos. Mas com todo empenho e força dedicou-se à criação de seu novo álbum “Noturno”, lançado dia 30 de julho e elaborado em outubro de 2020, em plena e infindável pandemia.

Caetano, que no fim do mês segue em turnê pela Europa, postou um vídeo em seu perfil no Instagram (onde tem mais de 2 milhões de seguidores) com apelo por doações em favor dos profissionais do setor que sofreram com o impacto da pandemia. A ação é feita em parceria com a Associação Procure Saber.

Em 2018 Caetano e os filhos viajaram com a turnê “Ofertório”, batizada com o nome de uma canção feita especialmente para a missa de 90 anos da mãe de Caetano, dona Canô e com repertório escolhido pela família toda. Lá estão canções como “O Leãozinho”, “Reconvexo” e “Um canto de afoxé para o bloco do Ilê”, além de novas composições, como “Todo Homem”, de Zeca Veloso. Passaram pela França, Itália, Espanha e Inglaterra com absoluto sucesso.  

Caetano com Paula e os filhos Tom, Zeca e Moreno

 

Confira Caetano e os filhos em LEÃOZINHO

https://www.youtube.com/watch?v=g2tzDqi1INk

Bethânia  conta que para produzir “Noturno”, viveu sentimentos de angustia e escuridão que os tempos de confinamento trouxeram. A produção é da gravadora Biscoito Fino e ela explica: “Gravamos as 12 faixas no estúdio, durante três semanas, com frequentes testes e eu, praticamente dentro de uma caixa de acrílico. Proteção total, mas numa situação difícil, muito triste por tudo que atingiu o Brasil e o mundo”.

Maria Bethânia, 75+, a eterna ABELHA RAINHA

 

Noturno tem produção de Jorge Helder, direção musical e arranjos de Letieres Leite (maestro da Orkestra Rumpilezz). Canções inéditas e releituras compõem o repertório de 12 faixas. Bethânia canta composições de Adriana Calcanhoto, Chico César, Tim Bernardes, Mayte Martín, Xande de Pilares e seu sobrinho Zeca Veloso.

No disco estão ainda o samba-canção Bar da noite (Bidu Reis e Haroldo Barbosa, 1953), onde Bethânia resgata a voz grave de Nora Ney (1922 – 2003) com a tristeza de amores e lágrimas; O sopro do fole, do sobrinho Zeca Veloso e ainda a flamenca Vidalita,  o bolero Prudência – composição feita por Tim Bernardes especialmente para Bethânia – Música, música, de Roque Ferreira, com o violão de João Camarero, o samba Cria da comunidade – com participação de Xande de Pilares.

E mais: Luminosidade (Chico César) e para arrematar o álbum Noturno vem a récita de trecho do poema Uma pequenina luz (1972), versos do poeta português Jorge de Sena (1912 – 1978) para reforçar o contraste entre a claridade e a escuridão, tema do álbum que está nas redes sociais e também em CD.

 

Confira: LUMINOSIDADE – composição de Chico César

https://www.youtube.com/watch?v=fPd_bA9X0W0

 

Sobre Maria Bethânia

Maria Bethânia Viana Teles Veloso nasceu na Bahia, na cidade de Santo Amaro, em 18 de junho de 1946. Cantora, compositora e poetisa, é conhecida como Abelha Rainha da MPB ou simplesmente Rainha da MPB.

 

É a sexta filha de José Teles Veloso (Seu Zezinho), funcionário público dos Correios, e da funcionária do lar Claudionor Viana Teles Velloso mais conhecida como “Dona Canô”, (falecida em 2012). Seu nome foi escolhido por conta da valsa “Maria Betânia”, do compositor Capiba, que na época era grande sucesso na voz de Nélson Gonçalves

Jovenzinha, Bethânia participou de peças teatrais ao lado de seu irmão, Caetano Veloso, e de outros cantores da época. Em 1965, mudou-se para o Rio de Janeiro e lá começou sua carreira musical ao substituir a cantora Nara Leão no espetáculo Opinião. No mesmo ano, assinou contrato com a gravadora RCA e lançou seu homônimo álbum de estreia.

Tem mais de 26 milhões de discos vendidos ao longo de mais de 50 anos de carreira, e foi eleita em 2012, pela revista Rolling Stone Brasil, como a quinta maior voz da música brasileira.

 

Sobre Caetano Veloso

Caetano Emanoel Viana Teles Veloso nasceu na Bahia, em Santo Amaro, dia 07 de agosto de 1942. É o quinto dos sete filhos de “Seu Zezinho”e de “Dona Canô”. Foi casado com Andrea Gadelha, de 1967 a 1986 e depois com Paula Lavigne. Tem três filhos: Moreno (com Andrea), Tom e Zeca (com Paula).

Uma de suas grandes influências musicais foi Luís Gonzaga, “o rei do baião”, além de sambas de roda e pontos de candomblé. Em 1956, frequentou o auditório da Rádio Nacional, no Rio de Janeiro, que na época, apresentava os grandes ídolos musicais brasileiros.

Caetano é músicoprodutorarranjador e escritor , com mais de 50 anos de carreira com obras sempre avançadas com muita intelectualidade e grande poesia. Seu trabalho profissional começou efetivamente em 1965, com o compacto “Cavaleiro/Samba em Paz”, enquanto acompanhava Bethânia nas apresentações nacionais do espetáculo Opinião, no Rio de Janeiro.

Foi nessa época que entraram em sua vida Gilberto GilGal Costa e Tom Zé. Vieram depois os grandes festivais de música popular da Rede Record. O primeiro LP saiu em 1967: Domingo, com Gal Costa e, no ano seguinte, Caetano foi o grande líder do Tropicalismo, que renovou o cenário musical brasileiro.

Em 1968, na dureza dos tempos de ditadura, compôs o hino “É Proibido Proibir“, que foi desclassificado e amplamente vaiado durante o III Festival Internacional da Canção.  O regime militar o prendeu e o obrigou  ao exílio político em Londres, onde lançou o disco Caetano Veloso (1971), cheio de melancolia e com canções em inglês compostas para todos que ficaram no Brasil.

Mas em 1976, ele, Gal Costa, Gilberto Gil e Maria Bethânia formaram os Doces Bárbaros, grupo com a temática hippie dos anos 1970, que motivou um disco do mesmo nome e os levou a uma turnê pelo Brasil. Na década de 1990, escreveu o livro Verdade Tropical e em 2000 ganhou o Prêmio Grammy na categoria World Music.

Caetano Veloso é considerado um dos artistas brasileiros mais influentes desde a década de 1960 e ainda  um dos mais respeitados e produtivos músicos latino-americanos do mundo. Lançou mais de cinquenta discos e muitas canções foram trilhas sonoras de filmes como Hable con Ella, de Pedro Almodovar e Frida, de Julie Taymor.

É uma das figuras mais importantes da música popular brasileira e já foi comparado a nomes como Bob DylanBob MarleyJohn Lennon e Paul McCartney. A revista Rolling Stone o elegeu como o  4º maior artista da música brasileira de todos os tempos pelo conjunto da obra.

 

Vida longa aos irmãos Caetano e Bethânia !

 

Fontes:

WIKIPEDIA
https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Beth%C3%A2nia

https://pt.wikipedia.org/wiki/Caetano_Veloso

G1 – Globo
https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2021/07/30/canto-magno-de-maria-bethania-brilha-no-contraste-entre-a-claridade-e-o-breu-que-ilumina-o-album-noturno.ghtml

https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2020/03/23/caetano-veloso-aproveita-quarentena-para-compor-para-album-de-musicas-ineditas.ghtml

https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2021/08/07/ao-som-de-anda-com-fe-gilberto-gil-parabeniza-caateno-veloso-pelo-aniversario-de-79-anos.ghtml

DIÁRIO DO NORDESTE
https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/verso/maria-bethania-lanca-noturno-e-pede-luz-em-tempos-sombrios-sou-interprete-do-povo-brasileiro-1.3116024

Correio Braziliense
https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2018/07/26/interna_diversao_arte,697436/turne-de-caetano-veloso-na-europa.shtml

Observatório dos famosos
https://observatoriodosfamosos.uol.com.br/noticias/polemico-caetano-veloso-faz-79-anos-e-ganha-homenagens-de-famosos