Canal do YouTube registra ‘nonnas’ fazendo massas tradicionais na Itália

Vicky Bennison, uma britânica de 60 anos especialista em desenvolvimento internacional, nunca pretendeu fazer de Pasta Grannies um hit no YouTube, ou transformar em estrelas nonnas italianas que não davam a mínima para se tornarem “influenciadoras”.

Ela simplesmente queria criar uma arca de Noé culinária para preservar um modo de vida antes que ele desaparecesse. E vivia torcendo que essa sabedoria culinária não morresse “antes de eu capturá-la”.

Desde que iniciou seu projeto, há cinco anos, ela gravou mais de 250 mulheres (e uns poucos homens) fazendo o que faziam no dia a dia: massas como pizzocchieri, de Valtelina, na região de Eglio; sagne ritorte com ragu de carne de cavalo, popular na Apúlia; strapponi com cogumelos colhidos em uma floresta da Toscana.

Mais de 70 dessas receitas estão no livro de culinária Pasta Grannies: The Secrets of Italy Best Home Cooks (Macarrão de nonna: segredos das melhores receitas domésticas da Itália, em tradução livre), que a editora britânica Hardie Grant lançou recentemente nos Estados Unidos.

 

Fonte: Paladar/ Estadão. Leia a matéria na íntegra aqui.