FoMO e NOMOFOBIA: Você sabe o que significam?

Redação e edição

Analu Oliveira – 79+

www.longevidade.com.br


Vamos lá, gente !

Fomo é a sigla em inglês para “fear of missing out” — que em português significa, literalmente, o “medo de estar perdendo algo”.

 

Já Nomofobia é o vício em estar no celular o tempo todo.

 

Em ambos os casos, qualquer faixa etária pode sofrer desses males, embora no início os Millenials (nascidos entre 1981 e 1999 com o início da tecnologia) tenham sido os principais afetados. Os idosos, super conectados atualmente, estão nessa lista, acreditem !

 

 

A galera longeva não desgruda do celular !

 

Mas calma pessoal, vamos trocar em miúdos para que todos entendam bem!

O termo Fomo parece ter surgido agora, mas não é nada disso. Na década de 1990  ele apareceu numa pesquisa de um estrategista de marketing norte americano, Dan Herman que o descreveu como o medo que as pessoas sentem diante de uma situação com muitas escolhas e possibilidades, onde uma escolha significa renunciar às outras opções.

 

A tecnologia provocou a Fomo, mas tem controle !

 

Em resumo, seria como olhar para o copo de água “meio vazio“, ou seja, ao invés de focar no conteúdo, a gente destaca o vazio, a falta. Nos anos seguintes, os pesquisadores de Harvard e Oxford, Patrick McGinnis e Andrew Przybylski, respectivamente, definiram o FoMO como um desejo de estar permanentemente conectado com o que os outros fazem.

Mas pasme ! FoMO é um nome novo para algo antigo. Marco Túlio Cícero, político romano que viveu no século 1 a.C., sofria de um FOMO terrível. Toda vez que ele saía da capital, fazia questão de receber cartas sobre eventos políticos e até fofocas que aconteceram enquanto esteve fora. Não queria perder nada. É verdade, parece piada mas é sério !!!

E Nomofobia, o que é?. O termo é a junção de “nomo”(abreviação de “no mobile”– tradução livre para “sem dispositivo móvel”) e do substantivo “fobia” (medo).  Ou seja, nomofobia é o medo irracional de ficar desconectado ou longe dos dispositivos móveis e, por consequência, longe da vida on-line.  Foi assim que, com os avanços tecnológicos, surgiu essa loucura que é a relação dos seres humanos com o ambiente digital.

 

Smartphone: para o BEM e para o MAL

 

O smartphone, que cabe em qualquer bolso é um “Faz Tudo”: conversas entre amigos, paqueras, contas de banco, tutoriais que ensinam música, fitness, idiomas e ainda livros e filmes. Affe Maria. Só tinha que dar em nomofobia, que acorrenta todo o universo !!

Mas vamos dar algumas dicas dos especialistas que servem tanto para FOMO quanto para NOMOFOBIA já que os dois envolvem a tecnologia. É importante observar e mudar o comportamento para que a gente possa  adquirir algum controle e não afetar a saúde mental e física !

Vamos lá:

Fique ligado no presente, no que você ganha e não no que perde. Procure focar mais no aqui e agora.

 

E mais:

  • Diminua o consumo de Redes Sociais

Elas são fonte de ansiedade e tensão. Defina horários para utilizar e use com moderação.

  • Estabeleça Rotinas

Com a pandemia e tantas mudanças, as rotinas se perderam. Estabeleça horários para dormir, acordar, trabalhar, descansar e se distrair.

  • Reencontre seus prazeres

Agora que estamos vacinados (ou deveríamos estar !!) é hora de retomar antigos (ou novos) prazeres como encontros com família e amigos (sem celular!), viagens (perto ou longe), ou mesmo hobbies como pintura, jardinagem e paisagismo, cinema e teatro. E nada de interromper para POSTAR imagens nas redes sociais, por favor !!

  • Valorize as pequenas coisas

O prazer de um café fresquinho, um bom banho, uma refeição gostosa, aquela flor de maio que brotou em abril, a companhia de alguém especial. Isso tudo é valorização da vida !

 

Antes de tudo: Viva o momento!

 

Importante: segue um “spoiler”:

A próxima novela das nove da TV Globo que estreia depois de Pantanal, trará a nomofobia, ou seja, vício em celular, como um dos temas. Travessia é escrita por Gloria Perez, novelista conhecida por trazer temas sociais de relevância da atualidade em suas obras.

 

 

Fontes:

 

Jornal Cruzeiro

https://www.jornalcruzeiro.com.br/opiniao/artigos/voce-pode-ser-um-nomofobico-e-nem-saber-disso/

CrtlPlay

https://ctrlplay.com.br/o-que-e-fomo-principais-motivos/#:~:text=Fomo%20%C3%A9%20a%20sigla%20em,experi%C3%AAncias%20que%20voc%C3%AA%20n%C3%A3o%20tem.

CanalTech

https://canaltech.com.br/saude/o-que-e-fomo-178750/

Super Interessante

https://super.abril.com.br/comportamento/a-epidemia-de-fomo/

Psicologia Viva

https://blog.psicologiaviva.com.br/fomo/

Veja

https://veja.abril.com.br/comportamento/o-que-e-a-nomofobia-novo-transtorno-ligado-ao-uso-exagerado-do-celular/

Estadão – Bem Estar

https://emais.estadao.com.br/noticias/comportamento,a-mulher-que-vem-derrotando-o-vicio-em-celular,70004044571

(Imagens: divulgação)