Longevidade Expo + Fórum premiará projetos tecnológicos para os longevos

Longevidade Expo + Fórum premiará projetos tecnológicos para os longevos

22 de Julho de 2019 às 06:00

As soluções tecnológicas voltadas para atender às necessidades e aumentar a qualidade de vida e agilidade no cotidiano de pessoas com mais de 50 serão premiadas durante a Longevidade Expo + Fórum.

A 2ª edição da Startup Search – Chamada de Negócios da Longevidade é uma iniciativa da Aging 2.0, associação criada em 2013 com o objetivo de promover e fortalecer startups focadas em soluções inovadoras para o público acima de 50 anos, buscando identificar empreendedores que desenvolvem projetos e negócios com impacto social baseados na tecnologia, além de mapear e catalogar digitalmente todas as propostas que proporcionem uma melhor qualidade de vida e bem-estar para a população madura.

No dia 28 de agosto acontece no Teatro da Unibes Cultural, em São Paulo, a segunda chamada para a apresentação de projetos e propostas de negócio para o público sênior, que também contará com interessados em investir e estabelecer parcerias com este segmento.

Os 10 projetos que mais se destacarem na avaliação da Aging 2.0 serão apresentados ao público no estande da organização durante a realização da Longevidade Expo + Fórum.

“Contar com os benefícios das soluções de tecnologia é fundamental para a não segregação dos chamados silvers no mundo moderno. Aplicativos e a tecnologia em geral nos dão autonomia, independência e uma estrutura de suporte que pode nos ajudar a viver com mais segurança e alegria. A premiação será uma oportunidade para as empresas identificarem oportunidades de negócios”, disse o presidente do grupo Couromoda, Francisco Santos.

Além da Aging 2.0, a Longevidade Expo + Fórum terá uma área dedicada às startups, com soluções para o universo silver.

Mentoria — Os 10 cases selecionados receberão incentivo promocional e serão incluídos no “Catálogo de Negócios da Longevidade”, sendo que os três projetos de maior destaque vão ser contemplados com mentorias por parte de profissionais ligados ao mercado de startups e de longevidade para o aperfeiçoamento do modelo de negócios.

Lançada em abril de 2018, a Chamada de Negócios de Longevidade no Brasil, em sua primeira edição, contou com 141 iniciativas cadastradas, em sua maioria empresas jovens, com menos de cinco anos, sendo que 80 desses negócios tinham fins lucrativos.  Vale destacar que mais da metade das startups selecionadas na primeira edição foram aceleradas.

“Nosso primeiro olhar é para o que as pessoas com mais de 60 anos estão querendo e de que forma a tecnologia pode atendê-las. Tecnologia traz escalabilidade e redução de custos, que promovem maior inclusão social. O Brasil tem grande potencial e público para gerar soluções tecnológicas para as pessoas 60+, pois somos uma das nações com índices de envelhecimento mais altos do mundo”, finaliza o “Embaixador” da Aging 2.0 no Brasil, Sergio W. Duque Estrada.