MARISA MONTE 54+, CANTA O AMOR E O OTIMISMO EM ÁLBUM INÉDITO

MARISA MONTE 54+, CANTA O AMOR E O OTIMISMO EM ÁLBUM INÉDITO

 

Redação e edição
Analu Oliveira – 78+
www.longevidade.com.br

Marisa Monte, é tempo de calma e delicadeza

 

O lançamento do álbum foi agora, 01 de julho, no dia exato de seu aniversário de 54 anos. Chama-se “Portas” e vem com 16 canções e muita doçura e delicadeza após longos 10 anos.

A cantora Marisa Monte apresenta seu primeiro disco solo de músicas inéditas, com muita emoção que ela quer compartilhar com todos nestes tempos bicudos. É uma obra sofisticada com diversas parcerias e arranjos surpreendentes de cordas e sopros. Três das 16 músicas do disco, contam com Marcelo Camelo (integrante da banda Los Hermanos) que já faz parte, há tempos, do universo da artista.

Capa do álbum PORTAS com a arte inédita de Marcela Cantuária,

 

Sobre as faixas: Espaçonaves, Marcelo assina sozinho e é um samba de cadência suave, evocativa da bossa nova. Já  Você não liga está na cadência de samba-rock, influência desde sempre de Jorge Ben Jor, compositor e músico referência importante para Marisa. E Sal, a outra composição de Marisa com Camelo, é uma linda canção, como todas as outras desse primoroso trabalho.

O clipe de estreia foi apresentado domingo, dia 4 de julho, no Fantástico (TV Globo), com a música-título Portas, canção feita por Marisa com Arnaldo Antunes e Dadi Carvalho no tempo de delicadeza que sempre pautou a obra dos artistas. Outra música do trio é A língua dos animais que incorpora a natureza do espírito novo baiano. Começa muito suave até que chega o sopro do trio de metais comandados pelo trombonista Antonio Neves para destacar o refrão dos versos “Vou sair para passear ao sol / Vou pisar / No capim”.

Em qualquer tom e Fazendo cena  e ainda Medo do perigo  (esta  com Chico Brown, filho de Carlinhos, jovem de 24 anos) – todas têm os toques acústicos do violão e do piano do neto de Chico Buarque em arranjos mais enxutos.

Chico Buarque de Holanda e o neto Chico Brown, parceiro de Marisa

 

A canção Déjà vu – sua quinta parceria com Chico Brown – foi formatada com solo de guitarra e cordas orquestradas pelo maestro Arthur Verocai. As cordas e sopros entram com força incrível no refrão dos versos “Vem, vamos lá / Vem viver / Vem sonhar / Pela estrada de estrelas do mar”.

Nando Reis escreveu com ela Praia Vermelha, e Seu Jorge e sua filha, Flor, aparecem em Pra melhorar. Entre as quatro músicas finais estão: Vagalumes, que, com uma certa melancolia, lembra um fado português e o único samba do álbum, Elegante amanhecer.

O disco é realmente solar e é delicioso sentir Marcelo Camelo nas cordas de em Quanto tempo, canção de Marisa com Pedro Baby e Pretinho da Serrinha. O parceiro Arto Lindsay coproduziu direto de Nova York (EUA), o single  Calma.

 

Confira:

“Portas”

música título do álbum – CLIP apresentado no Fantástico /TV Globo dia 04 de julho

https://globoplay.globo.com/v/9659446/

 “Calma”

https://www.youtube.com/watch?v=2FNwaTHW87A

e para matar a saudade dos “TRIBALISTAS”:

https://www.youtube.com/watch?v=i2fdplwG3Kw

_________________________________________________________

 

Sobre Marisa Monte

Marisa de Azevedo Monte nasceu no dia 1º. de julho de 1967  no Rio de Janeiro. É cantora, compositora, multi-instrumentista e produtora musical . Foi casada com Pedro Bernardes (de 2002 a 2007) com quem teve o filho Mano Wladimir (18 anos). Helena, sua filha de 12 anos é fruto de sua união atual com o empresário Diogo Pires Gonçalves.

Já vendeu mais de 10 milhões de álbuns e ganhou inúmeros prêmios nacionais e internacionais: quatro Grammy Latino, sete Video Music Brasil, nove Prêmio Multishow de Música Brasileira, cinco APCA e seis Prêmio TIM de Música.

Marisa Monte já vendeu mais de 10 milhões de álbuns

 

Marisa é considerada pela revista Rolling Stone Americana como a quarta maior cantora brasileira, atrás somente de Elis ReginaGal Costa e Maria Bethânia. Ela também tem dois álbuns (MM e Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa e Carvão) na lista dos 100 melhores discos da música brasileira.

Em 2017, ao lado de Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, trouxe de volta a magia dos Tribalistas. O trio formado 15 anos antes lançou um disco de inéditas, saiu em turnê pela primeira vez, lotou estádios em capitais do país e foi a polêmica atração principal de uma das noites do Lollapalooza Brasil, evento que costuma dar destaque para artistas e bandas internacionais. Muita saudade!

Marisa entre Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, os Tribalistas em 2017

 

Fontes:

WIKIPEDIA
https://pt.wikipedia.org/wiki/Marisa_Monte

G1 – Globo
https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2021/07/01/marisa-monte-refaz-cronicas-e-declaracoes-de-amor-e-esperanca-na-requintada-atmosfera-deja-vu-do-album-portas.ghtml

Estado de Minas
https://www.em.com.br/app/noticia/cultura/2021/07/03/interna_cultura,1283063/marisa-monte-desafia-2021-a-ser-um-tempo-de-delicadeza.shtml

YOUTUBE  com A música “CALMA”
https://www.youtube.com/watch?v=2FNwaTHW87A