Mercado para cuidadores de idosos cresce mais de 500%

Mercado para cuidadores de idosos cresce mais de 500%

23 de Maio de 2019 às 06:00

Liderando a lista das ocupações que mais ganharam espaço no mercado brasileiro nos últimos anos, a profissão de cuidador de idosos teve um aumento de 547% entre 2007 e 2017, de acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho. Por isso, projetos de capacitação e formação têm sido ofertados pelo País, principalmente no Rio Grande do Sul, terceiro no ranking dos Estados onde a profissão mais se expandiu na última década.

 

Regulamentação da profissão

Recentemente, o Senado deu um primeiro passo para a regulamentação profissional do cuidador de idoso. O projeto de lei foi aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais e agora segue para avaliação da Câmara dos Deputados.

A proposta estabelece que o cuidador prestará serviço na casa do assistido, em instituições de longa permanência, hospitais e centros de saúde. Os cuidadores deverão acompanhar seus pacientes em eventos culturais e sociais. Estão credenciadas para exercer a profissão pessoas com mais de 18 anos que tenham cursado o ensino fundamental e realizado o curso de cuidador de idoso em instituições de ensino reconhecidas por órgão público federal, estadual ou municipal.

 

Fonte: Jornal do Comércio e portal Terra.