NANA CAYMMI, 80+ COM A MESMA EMOÇÃO NA VOZ

NANA CAYMMI, 80+ COM A MESMA EMOÇÃO NA VOZ


Redação e edição
Analu Oliveira – 78+
www.longevidade.com.br

Nana Caymmi, o sorriso dos 80 anos

Nana Caymmi chega aos 80 anos com a mesma força e potência na voz. É mais uma representante do universo de grandes artistas que comemora a longevidade com alegria de viver e animação para muitas realizações.

E é Nana quem diz como vai comemorar os oitentinha neste dia 29 de abril: “Vou tomar meus ‘uisquezinhos’ – com parcimônia -, comer pizza caseira e bolo. Vai ser um festejo bom, dentro do possível e da tristeza que envolve o mundo no momento. Vou ficar quietinha, igual ao rei (Roberto Carlos, que também completou 80 anos) e à rainha Elizabeth. É a rainha, o rei e eu (risos)”, diz ela divertida.

Palco e estúdio nos projetos

Além de não ver a hora de voltar aos palcos, o  principal projeto de Nana é gravar em estúdio – pós pandemia – canções que os parceiros Nelson Motta e seu irmão Dori Caymmi fizeram nos anos 1960 e 1970. Saveiros é uma delas que, aliás, deu a ela a vitória no 1º Festival Internacional da Canção Popular em 1966.A ideia é que o disco saia em 2022.

O produtor e compositor Nelson Motta adorou a sugestão e garante: “ É um sonho ter um disco inteiro de suas canções na voz dela. Vai ficar lindo. Será ótimo para recuperar músicas nossas que ficaram perdidas no tempo”, diz ele.

Nelson Motta entusiasmado para participar do projeto com Nana

Além desse álbum, Nana gostaria de fazer outro com canções que nunca gravou de Milton Nascimento, Beto Guedes, Tom Jobim, Sueli Costa e Danilo, o irmão mais novo. “Se eu não gravei, é inédita para mim”, afirma ela.

Nana segue em casa em seu apartamento no Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. Seu último álbum, Nana, Tom, Vinicius, lançado em julho do ano passado pelo Selo Sesc, não saiu ainda em edição física. “Ficou só na internet. Estou arrasada”, lamenta. O disco marcaria seu retorno aos palcos, depois de quase cinco anos de afastamento. Nana tem o poder de irmanar compositores de gerações e estilos distintos.

Sobre Nana Caymmi

 Consagrada compositora e cantora, ela nasceu Dinahir Tostes Caymmi, em 29 de abril de 1941, no Rio de Janeiro.

Nana com pai e irmãos Dori e Danilo

O ambiente musical foi seu berço, já que seu pai foi o compositor, cantor e violonista Dorival Caymmi e sua mãe, a cantora Stella Maris.

Dom natural e talento são de família. Em 1960 deu o start para a carreira artística quando gravou na Odeon a faixa Acalanto (Dorival Caymmi), no LP do pai, que compôs a canção de ninar para ela quando era ainda criança. Ela e Dorival gravaram em dueto a canção.

O primeiro disco solo, um 78 RPM, veio com as músicas Adeus (Dorival Caymmi) e Nossos beijos (Hianto de Almeida e Macedo Norte). No dia 26 de abril desse mesmo ano, assinou contrato com a TV Tupi quando se apresentou no programa Sucessos Musicais, produzido por Fernando Confalonieri.  

Depois, seguiu com apresentações, sempre com o irmão Dori, no programa A Canção de Nana, produzido por Eduardo Sidney. Gravou, em 1963, seu primeiro disco, chamado Nana, com arranjos de Oscar Castro Neves, pela gravadora Elenco.

Nana, muitos projetos pela frente

 

São mais de 60 anos de carreira com sucesso. Que venham muitos mais!

____________________________________________________________

Confira Nana na interpretação magnifica da canção “Não se esqueça de mim” de Roberto Carlos

https://www.youtube.com/watch?v=2Bnv7Q8gpOg

 

Fontes:

Portal Terra
https://www.terra.com.br/diversao/musica/nana-caymmi-comemora-80-anos-vou-tomar-meus-uisquezinhos-comer-pizza-e-bolo,625d377762f285e07a2fb9d02d59edb9qckinil9.html

Wikipédia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nana_Caymmi

Estadão
https://cultura.estadao.com.br/noticias/musica,nana-caymmi-comemora-80-anos-vou-tomar-meus-uisquezinhos-comer-pizza-e-bolo,70003696896

G1
https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2021/04/29/nana-caymmi-chega-aos-80-anos-como-grande-cantora-de-voz-suor-e-aura-classica.ghtml