Sono tranquilo: receita para vida com qualidade

Redação e edição

Analu Oliveira – 79+

www.longevidade.com.br

 

Dormir bem é uma benção que todo mundo merece

 

Ah, como é bom dormir bem e acordar revigorado, pular de cama com toda energia para mais uma jornada diária.

Mas a gente sabe que infelizmente não são todos que conseguem a benção de uma  boa noite de sono. São vários os motivos, vamos saber certinho o que acontece, já que uma pesquisa do Ministério da Saúde de 2020 apontou que quase 42% dos brasileiros têm um ou mais tipos de distúrbios do sono.

 

São vários os distúrbios do sono

 

Distúrbio do sono é um termo que engloba várias condições e doenças que afetam diferentes aspectos do sono de uma pessoa, tais como qualidade, duração, horário, início e continuidade. São mais de 100 tipos de distúrbios identificados no mundo. Alguns são sintomas de outras enfermidades enquanto outros são produto de alguma doença.

Há ainda aqueles que nem tem correlação com problemas de saúde. O estresse é um deles. E dentro de psicologia e psiquiatria, estão a ansiedade e a depressão. No aspecto físico, estão as alergias, gastrite e metabolismo lento, entre outros. E no que refere a meio ambiente estão o calor, o consumo de álcool e cafeína, etc. Mas ainda merecem destaque a genética, uso de medicamentos e o envelhecimento.

Vamos a alguns dos principais distúrbios do sono:

 

  1. Insônias

 insônia é uma “caixinha” de diferentes “tipos de insônias” , que, juntos, afetam perto de 73 milhões de brasileiros (dados da ABS – Associação Brasileira do Sono). Eles são caracterizadas como “uma dificuldade repetida de início, duração, consolidação ou qualidade do sono que ocorre apesar de oportunidades e circunstâncias adequadas para dormir, o que resulta em alguma forma de dificuldade diurna”.

Em resumo, a insônia pode se manifestar de modos diferentes para cada pessoa. A maioria dos diagnósticos, porém, encaixam-se em dois tipos:

  • Insônia do Início do Sono, que é a dificuldade de realmente fechar os olhos e cair no sono.
  • Insônia de Manutenção do Sono, que é o problema da continuidade do sono, mais comum em idosos que tomaram seus drinks ou fumaram seu cigarrinho.

A insônia ainda pode ser crônica (aparece pelo menos três vezes por semana durante um período de três meses) ou de curto prazo (menos de três meses).

  1. Hipersonias

Hipersonia não é um distúrbio do sono em si mas define pessoas que dormem mais do que deveriam ou ficam cabeceando sonolentas durante o dia.

  1. Distúrbios respiratórios do sono

São aqueles em que há uma respiração fora do normal durante a noite. É o caso, por exemplo, da apneia do sono, que atinge quase 33% dos habitantes da cidade de São Paulo

  1. Parassonias

As parassonias são eventos ou experiências pouco comuns durante o sono, entre o adormecer e o despertar. Terror noturno e sonambulismo são alguns exemplos, além dos pesadelos.

Outros distúrbios podem ser os de movimento com as pernas, mudança constante de lado, bruxismo com a pressão dos dentes, câimbras noturnas

Mas calma lá, tudo tem jeito ! Como é feito o diagnóstico de um distúrbio do sono? Alguns dependem de exames como a polissonografia, outros são comportamentais. Quem sente que não dorme bem com frequência, tem muita sonolência durante o dia, deve consultar um especialista, um médico de sua  confiança.

Mas de qualquer forma, confira algumas dicas para melhorar a qualidade do seu  sono:

 

Desligar tudo 1 hora antes de dormir, é garantia de um bom sono

 

Evite os dispositivos eletrônicos – TV, celular ou qualquer outra fonte de luz e áudio impede que você chegue à fase mais profunda do sono que é quando o seu organismo produz e libera a maior quantidade do hormônio do crescimento, responsável por evitar o acúmulo de gordura, combater a osteoporose e melhorar o desempenho físico.

Tome um banho quente, ouça música, leia um livro, medite em silencio.

Prepare-se para dormir –Crie alguns hábitos, pelo menos uma hora antes de dormir. Deixe que seu corpo saiba que é hora de relaxar. Desligue os aparelhos eletrônicos, evite muitas luzes acesas e não consuma café, chocolate, chás e refrigerantes.

 

Um banho quente antes de dormir é tudo de bom!

 

Cuide bem da qualidade do seu colchão e travesseiro. Assim, sua coluna vai se manter saudável e você dormirá muito melhor.

Deite de lado, de preferência do lado esquerdo. Um estudo feito por pesquisadores americanos das Universidades de Rochester, Stony Brook e Langone Medical Center de Nova York, demonstrou que essa posição protege o cérebro de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer, Parkinson e esclerose múltipla. Isso porque durante o sono, o corpo faz uma verdadeira faxina no cérebro, elimina toxinas e proteínas residuais. E tem mais: deitar do lado do coração facilita a passagem dos alimentos pelo intestino, o que favorece a digestão.

 

 Experimente dormir e acordar naturalmente, sem a necessidade do despertador. Acordou? Confira e anote quantas horas você dormiu e repita esse processo várias vezes, dias seguidos, até seu corpo “responder” o que precisa.

 

Experimente acordar naturalmente, sem despertador

 

Estudos apontam uma quantidade média de horas que uma pessoa precisa dormir conforme a idade. Bebês recém-nascidos, por exemplo, precisam de 14 a 17 horas de sono por dia, crianças, de 9 a 13 horas, adolescentes, de 8 a 10 horas e adulto,s de 7 a 9 horas em média. Mas vale prestar atenção no seu corpo e entender quanto você precisa dormir para levantar com energia e disposição.

 

Resumo da ópera:

 Dormir bem é fundamental para ter uma vida saudável. Alimentar-se bem e praticar esportes comprovadamente ajudam a conquistar uma boa noite de sono. Quais são os benefícios?

  • Manter um peso saudável;
  • Diminuir o risco de desenvolver doenças como diabetes e problemas cardiovasculares;
  • Ficar doente com menor frequência;
  • Reduzir o estresse;
  • Melhorar o humor e a sociabilidade;
  • Aumentar a concentração;
  • Evitar acidentes causados pelo cansaço.
  • Reduzir o estresse.
  • Controlar o apetite.
  • Melhorar a memória.
  • Melhorar o raciocínio.
  • Rejuvenescer a pele.
  • Ajudar no sistema imune.

 

 

Gente, sono é saúde. Sono é vida.

Bom sono e bons sonhos !

 

 

 

Fontes:

Metlife

https://www.metlife.com.br/blog/saude-e-bem-estar/a-importancia-do-sono-para-sua-memoria-e-produtividade/

Geolab

https://www.geolab.com.br/dicas-de-saude/dormir-bem-importante-para-saude/

O Globo

https://oglobo.globo.com/saude/ciencia/noticia/2022/06/dormir-de-lado-de-costas-de-brucos-como-as-posicoes-podem-prevenir-doencas-ou-fazer-mal-para-a-saude.ghtml

Persono.com

https://persono.com.br/insights/sono-e-ciencia/seis-tipos-de-disturbios-do-sono?gclid=EAIaIQobChMIk_HTz7uH-AIVD0VIAB1gMAOMEAAYAiAAEgIh0_D_BwE

(Imagens: Divulgação)

Leave a reply