Turismo na maturidade cresce e ganha mais adeptos em Santa Catarina

Turismo na maturidade cresce e ganha mais adeptos em Santa Catarina

21 de Novembro de 2019 às 06:00

Os maduros já representam 10% da população de Santa Catarina, segundo dados do Sebrae, e, de acordo com a Organização das Nações Unidas, fazem parte de uma das megatendências globais de negócios para este século.

Entre as preocupações deste público estão a saúde física, mental e a garantia de uma velhice ativa e sociável.

“Temos notado uma alta considerável no turismo para este público, com uma demanda que cresce em média 35% anualmente”, explica Kilian Sohn Neto, diretor de turismo da agência de turismo Cosmos. A infraestrutura turística e financeira também ajuda, diz Kilian. “Como hoje é muito fácil viajar com tranquilidade, com aeroportos próximos e boas condições de pagamento, as pessoas têm mais condições de viajar para mais destinos”, completa.

Os destinos para este público são predominantemente tranquilos: roteiros históricos e termais, tours gastronômicos e viagens curtas dominam os interesses.

“Temos procura por destinos mais distantes, como países da América Latina, da Europa e turismo religioso em Israel e na Jordânia, mas a demanda maior são roteiros turísticos como Holambra, em São Paulo, Minas Gerais e lugares com águas termais, em roteiros de três a cinco dias”, explica.

Outra coisa que mudou são as opções para turistas. “Antigamente, quase todas as atrações eram para um público mais jovem, no máximo se tinha um hotel fazenda e os roteiros de museus. Os hotéis, parques e centros turísticos eram todos pensados para um público mais novo. Agora temos uma abundância de roteiros e atrações adequadas para um público que busca relaxar e passear com calma”, finaliza o diretor.

 

Fonte: Site OCP News. Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.