VI Congresso sobre Envelhecimento Ativo acontece na Longevidade 2022

Tema desta edição, que será na Longevidade Expo+Fórum, é “Velhices Cidadãs – Envelhecimento no mundo digital”

 

Agora está acertado: a sexta edição do Congresso Municipal sobre Envelhecimento Ativo – Cidade Amiga dos Idosos acontecerá durante a Longevidade Expo+Fórum 2022.

 

 

O congresso, que será no dia 30 de setembro, das 12 às 16h40, passa a integrar a programação do evento, que ocorrerá entre os dias 29 de setembro e 1 de outubro, no Centro de Convenções Rebouças. As edições anteriores foram na Câmara Municipal de São Paulo.

 

Com o tema “Velhices Cidadãs – Envelhecimento no mundo digital”, em referência ao desafio da presença e inclusão digital lançado às pessoas idosas no período que vivemos e ainda vivenciamos com a pandemia de Covid-19, o congresso volta a dar protagonismo aos longevos. Entre as participações já confirmadas estão Neuza Guerreiro de Carvalho, de 93 anos, professora, mantém uma oficina de Memória Autobiográfica, considerada a primeira blogueira sênior do Brasil, e o super conectado Floriano Camargo, de 101 anos.

 

Também participarão, Marília Duque,  pesquisadora dos impactos da alfabetização digital no envelhecimento, saúde e cidadania; Sérgio Grinberg, integrante do grupo Trabalho 60+, ministra cursos e é ativista na inclusão digital sênior. O moderador será á Ricardo Pessoa, CEO do SeniorGeek, especialista no fomento de iniciativas de impacto social e do empreendedorismo 50+.

 

A programação prevê também um bate-papo sobre intergeracionalidade e o uso da tecnologia, entre idosos e jovens com moderação da jornalista Lina Menezes. Deste encontro participam o professor José Ferrigno, doutor em psicologia e consultor na área do envelhecimento e da intergeracionalidade, a psicóloga Maria Cristina Boa Nova, atuante em grupos intergeracionais, e o jovem ativista Antonio Lee.

 

Premiação

Além dos painéis, o Congresso Municipal do Envelhecimento Ativo promove uma premiação científica, que este ano tem como foco “Boas práticas e experiências exitosas no cenário da pandemia”. Em breve serão divulgados mais detalhes e o nome do profissional da Gerontologia que será homenageado, dando nome à premiação.

 

Pré-Congresso

O Pré-Congresso continua na Câmara Municipal de São Paulo e este ano será no dia 24 de setembro, das 9 às 17 horas. Seguindo o tema do Congresso, o evento terá um caráter mais dinâmico com a realização de palestras e oficinas práticas sobre temas importantes como “Fake News”, “Inteligência Artificial”, “Internet das coisas”, “Tecnologia Assistiva” e o “Mapeamento das dificuldades encontradas pelas pessoas idosas”.

Os preparativos ainda estão em andamento, e entre os nomes confirmados estão Viviane Palladino, co-fundadora e CEO da startup Mais Vivida ; Ju Seidl, psicóloga e doutora em Psicologia Social e do Trabalho, idealizadora e CEO da Longeva; Yeda Duarte, coordenadora do Estudo SABE (Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento; Eduardo Meyer, idealizador do Grupo Trabalho 60+; Cris Alves da Associação dos Cuidadores de Idosos da Região Metropolitana de São Paulo (Acirmesp) e Carmen Ponce, neuropsicóloga e conselheira da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz) – São Paulo.

 

Realização

A realização do Congresso e Pré-Congresso sobre Envelhecimento Ativo – Cidade Amiga do Idoso é da Câmara Municipal de São Paulo, por meio do gabinete do vereador Daniel Annenberg; da Coordenadoria de Políticas para a Pessoa Idosa, vinculada à Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo; do Grande Conselho Municipal do Idoso (GCMI), e do Hospital Premier. A comissão organizadora conta com mais de 100 parceiros, ligados à área do envelhecimento e longevidade. O idealizador é o médico e ex-vereador Gilberto Natalini. As inscrições serão abertas em breve.